Conteúdo VIP
Coloque seu e-mail aqui para receber antes de todo mundo e gratuitamente as atualizações do blog!
Vendas Online: Marketing Digital para Empresas

Vendas Online: Marketing Digital para Empresas

Pesquisas recentes do IBGE apontam que 116 milhões dos brasileiros se conectam na internet através de celulares, computadores ou tablets. Recorrer à internet para realizar compras, pesquisas, buscar estudos e entretenimento, já é parte do cotidiano do cliente.

A fim de conseguir posicionamento de destaque no mercado, os empreendedores não podem ficar de fora da web e tê-la como uma forte ferramenta para divulgar seus serviços e produtos.

Para começar a aplicar e aprimorar seu marketing digital em vendas online, é preciso analisar o que a empresa pode usar de recursos e como pretende chegar até seu público alvo. Essa análise aliada a um conjunto de táticas pensadas e otimizadas para o ambiente online, com a mesma base do ambiente offline, é o que fará vir à tona os resultados desejados.

Além desse conjunto de táticas, é indispensável a continuidade das pesquisas, estudo sobre a marca entre outras análises para poder identificar sempre a melhor estratégia para o objetivo almejado. A finalidade é simples: Melhorar o seu relacionamento com os clientes e abrangência da marca, para converter o relacionamento online em vendas.

Necessidade de Inovação

Em tempos de mercado competitivo, concorrido, onde o consumidor é superexposto à milhares de informações diariamente, a inovação é um dos principais pilares para o desenvolvimento de qualquer organização.

No setor industrial por exemplo, investidores costumam adotar a cultura de inovação para otimizar seus processos, buscando soluções para conseguir destacar seus produtos e serviços. Seja qual for o segmento de atuação, é necessário estar um passo à frente em meio a concorrência e propagar o que a empresa ou serviço tem de diferencial em meio aos outros.

Trabalhos feitos em plataformas online possuem inúmeros benefícios para alavancar o rendimento de uma empresa, já que não possuem barreiras geográficas, ou seja, não há limites para expansão e visibilidade do produto ou serviço.

Duas plataformas que atendem muito bem a essas necessidades citadas e são sempre lembradas quando nos referimos a vendas pela internet, é o e-commerce e marketplace.

Mas você sabe a diferença desses dois modelos de plataforma? Realmente são eficientes? É válido investir nelas para conseguir conversão de vendas? Tudo depende do nicho e qual formato irá se adaptar melhor ao seu negócio, mas vamos por partes.

 

E-commerce x Marketplace

Primeiramente, é válido citar que ambas as plataformas são base no mercado online atual. Muitas empresas atuam nelas e conseguem se destacar perante as concorrentes, mas como dito anteriormente, tudo depende da estratégia escolhida para guiar o seu empreendimento.

Para um grande público de lojas físicas, a crise é iminente e preocupa os investidores. Já o crescimento de lojas virtuais, como o e-commerce, é notável e se destaca. O mercado pela internet está em ascensão. Só no ano de 2017 obteve crescimento de 12% comparado ao ano anterior e faturamento na ordem de R$59,9 bilhões segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

Segundo informações reveladas pelo estudo, o que ocasionou as vendas online foram as buscas no Google, que é considerado o maior site de buscas do mundo. 52% dos pedidos vieram desta plataforma.

O E-commerce se estabelece para plataformas virtuais que trazem produtos de uma única empresa, sendo ela fabricante ou revendedora. O usuário escolhe o produto, efetua o pagamento e, dentro do prazo estabelecido, recebe a mercadoria no endereço informado.

Já as plataformas marketplace funcionam de outra forma, e podem ser comparadas a um shopping virtual, pelo fato de disponibilizar produtos de diversas marcas à milhares de compradores, mas tudo em um único ambiente online.

Ou seja, o e-commerce é um site que disponibiliza produtos de uma única empresa, já o marketplace é um ambiente online que contém várias marcas e produtos, onde o cliente pode ficar mais à vontade para pesquisar mercadorias e ofertas. O marketplace pode ter vários focos como, por exemplo, o ramo industrial, que cresce cada vez mais nessa plataforma.

Conforme seu negócio virtual cresce e se desenvolve, é necessário mais cuidados do setor de marketing em relação às estratégias de venda, tendências do mercado e seu público alvo. Como dito anteriormente, esse tipo de análise tem que ser constante.

Podemos chegar  a conclusão que essas estratégias de marketing podem funcionar para desenvolver o esquema de vendas de uma empresa e facilitar o relacionamento direto com o consumidor, mas é necessário sempre a presença de um planejamento e bons profissionais de marketing digital trabalhando a seu favor.


Igor Barazzetti
Sobre o Autor
Igor Barazzetti é Diretor da Hit Marketing Digital e Publicitário, concluindo pós-graduação em Comunicação Digital. Eterno estudante de marketing, acredita no empreendedorismo como forma de transformação pessoal e profissional.